sábado, outubro 27, 2007

Artes e bruxices

Há alguns anos, recebi um e-mail muito interessante, que até traduzi e postei em uma lista de paganismo, comentando sobre as similaridades entre os círculos de patchwork e quilt e os de bruxaria. Olha só... Nesses círculos (ou grupos ou encontros, como desejar), normalmente são mulheres que se reúnem, trocam idéias e histórias, ajudam-se mutuamente, trabalham pelo bem comum e (importante!) pelo próprio bem. Claro que atualmente os homens participam dos círculos bruxos, mas são poucos os que se interessam pelas manualidades (o que é uma pena, eles não fazem noção do quanto perdem!!).

Enfins... Existe uma cadência em determinadas artes que só quem faz compreende o encanto. Lembram das Brumas de Avalon, que Morgana evitava tecer em um tear, porque entrava em transe? É por aí... Tricô, crochê, costura, bordados, tear, pintura e outras delícias mais permitem que nosso cérebro se acalme, entrando em um transe meditativo altamente benéfico. Essas artes que são "fisicamente repetitivas, intelectualmente exigentes e visualmente estimulantes" (essa frase é deste artigo da Knitty) fazem o corpo e a respiração entrarem em um ritmo mais tranqüilo, facilitando alcançar um leve estado de alfa que permite analisar os problemas a uma certa distância, percebendo respostas que jamais encontraríamos no nosso estado beta normal. Isso ajuda a melhorar a ansiedade e a depressão, com a vantagem de obtermos lindas peças ao final!

Embora a jardinagem ainda seja a arte que mais conecta alguém à roda do ano e aos ciclos da terra, as manualidades ajudam as pessoas a encontrarem o seu centro, a se equilibrarem. E a curarem suas feridas internas...

Quem quiser começar, é só dar uma chegada a um armarinho próximo à sua casa, normalmente eles oferecem aulas, além de vender o material. E na internet também tem lugares legais, como a Aslan, que vendem linhas, lãs, agulhas, teares e afins... Ah, verão não é desculpa: existem linhas deliciosas de algodão pra gente trabalhar... E pinturas não envolvem lã.

Como dizia vovó... Mente vazia é a oficina do demônio!!! (ainda bem que as bruxas não acreditam nele!! r******)

2 comentários:

Paula disse...

Concordo com vc, eu acho que os trabalhos manuais tem um certo sentido ritual, assim como a jardinagem, de nos conctar intimamente e com tudo o que nos cerca, acredito que este sentimento de pertencer a algo maior faz muita falta neste mundo, se as pessoas tricotassem, crochetassem, quiltassem, pintassem mais, ninguem teria tempo pra falar mal do outro, pra violencia, pra perder oportunidades...Sabe, eu quero aprender tudo o que eu puder, nao importa se nao for virar uma especialista nisto ou naquilo, importa conhecer e desfrutar...
Adorei seu blog, estou visitando tb os recomendados...Visite vc tb o meu e me deixe dicas!!
beijos
Paula Mello
paulamello@blogspot.com

cibele disse...

Conheci teu blog hj...atraves do "fio da meada". Gostei do teu post e keria enviar pra algumas amigas, mas nao tem akele link pra gente enviar pra um amigo...vc nao gosta de usar essa opção nao? tenho tantas amigas q adoram o mundo das brumas.....e todos esses trabalhos magicos...b-jos